Arquivo mensais:março 2011

Preservação Ambiental: Um compromisso de todos – Comunica Brandão

O professor José Francisco Domingos é professor das disciplinas de História e Geografia. Atualmente trabalha na Escola Básica Arnaldo Brandão e desenvolveu neste ano de 2010 um projeto sobre reciclagem do lixo.
Na entrevista concedida aos alunos Rafael-7ª série e Damião- 5ª série, o professor afirmou que o objetivo geral do projeto sobre reciclagem do lixo é conscientizar as pessoas em relação à forma de tratamento do meio em que vivem. Essa conscientização melhorará a qualidade de vida da comunidade. Segundo o professor Francisco, a ideia do trabalho surgiu a partir da gincana ambiental que aconteceria na escola. Teve data para iniciar, porém o término é indeterminado já que a consciência ambiental deve ser algo permanente.
Os resultados do projeto acontecem quando se percebe que as pessoas mudaram as pequenas atitudes em seu cotidiano e começam a tratar com respeito o destino dos resíduos produzidos, mais necessariamente o lixo reciclável que se for depositado em local inadequado poluirá ainda mais o nosso planeta. No decorrer do projeto, o professor visitou com os alunos a cooperativa de reciclagem do bairro, a Cooperfoz. Os alunos entenderam que boa parte do lixo que jogamos fora poderá ser fonte de renda para muitas famílias, se fizermos a nossa parte em casa.
Para finalizar a entrevista, o professor declarou que o projeto sobre reciclagem foi muito produtivo, porém falta ainda a participação efetiva de toda a comunidade escolar. O projeto só terá plena realização se as pessoas mudarem suas atitudes em relação ao meio ambiente e cada um fazer a sua parte.

Amizade Verdadeira – Comunica Brandão nº 1

IV Concurso de Poesia
No dia 05 de novembro aconteceu na escola Básica Arnaldo Brandão a final do IV Concurso de Poesia.Dez declamadores e 21 autores de belíssimas poesias participaram do evento.A professora Marinete,responsável pelo Projeto Prolei foi nossa convidada especial e fez parte do corpo de jurados.A professora parabenizou os alunos pelo empenho e destaque na arte da literatura.
A cada ano o concurso torna-se mais competitivo e os textos melhoram de nível.No interior de nosso espírito,todos possuem sentimentos que só podem ser verbalizados através do gênero da poesia.Muitos alunos se identificam com esse tipo de texto.
O concurso é dividido em duas categorias: Declamador e autor.As vencedoras da primeira categoria foram as alunas:Paticia(8ª série 01)_ 1º lugar;Thaysy(8ª série 02)_2º lugar ; Eduarda (5ª série 02)_3º lugar.Na categoria Autor,as alunas vencedoras foram:Jéssica Cruz e Cristina(8 ª série 01) _ 1º lugar;Joyce e Amanda (8ª série 02)_2º lugar ;Beatriz ( 6ª série 02 ) _ 3º lugar.Vejam a seguir o poema vencedor:
Amizade Verdadeira
Quando a amizade é verdadeira
Sentimos o sofrimento do outro

Damos forças nas horas difíceis

Aconselhamos nas horas boas e ruins
Relembramos momentos que passamos juntos
Falamos da vida
Compreendemos os erros
Relembramos as loucuras feitas
As brincadeiras que trocamos
Quando a amizade é verdadeira
Os anos passam mas tudo continua na lembrança
Cristina e Jéssica Cruz _ 8 série 01

As condições do Bairro Imaruí – Comunica Brandão

O BAIRRO PRECISA DA AJUDA DA PREFEITURA E DA COMUNIDADE. PRECISA DE TRATAMENTO DE ESGOTO PARA AQUELAS PESSOAS QUE MORAM NO FINAL DO IMARUÍ PRÓXIMO AO RIO. SENDO QUE JUNTOS PRECISAMOS FAZER UM ABAIXO ASSINADO JUNTO A COMUNIDADE PARA QUE AS AUTORIDADES POSSAM VER A NECESSIDADE DE CADA UM.
O BAIRRO TAMBÉM PRECISA DE UMA FARMÁCIA PORQUE SE ALGUÉM PRECISA DE REMÉDIOS TEM QUE IR ATÉ ALGUM BAIRRO MAIS PRÓXIMO.
PENSO QUE O BAIRRO ESTÁ PRECISANDO ORGANIZAR ALGUNS FATORES DE LIMPEZA PÚBLICA E O MAIS IMPORTANTE, DE AJUDA NA SEGURANÇA, PRINCIPALMENTE NO COMBATE AO TRÁFICO DE DROGAS.
MAS APESAR DE TUDO O BAIRRO IMARUÍ POSSUI SEUS PONTOS POSITIVOS: UM POSTO DE SAÚDE, UMA PRAÇA DE GINÁSTICA PARA OS IDOSOS, CRECHES E ESCOLA DE CONTRA-TURNO.
ALUNO:DAMIÃO-6ª SÉRIE

Entrevista no Comunica Brandão – nº1

No dia 07/10/ 2010 os alunos da 4ª turma do Mais Educação e NEC fizeram uma entrevista com uma das representantes,do NEC_Angela Dalçóquio de Souza, a professora Mary.
As perguntas foram sobre educação e o próprio NEC. Os alunos formularam as perguntas dentro dos assuntos que trabalhamos na oficina do jornal.
1-Há quanto tempo trabalha na área de educação?
Professora Mary: Desde 1998, há 12 anos.
2-Quando começou a trabalhar no NEC?
Professora Mary: A partir de 26 de Fevereiro de 2009.
3-Quando foi criado o NEC e qual a sua função?
Professora Mary: No mesmo período em que começou a vigência do Prefeito Jandir Bellini e tem como função favorecer os pais que não tem onde deixar seus filhos, aqui eles aprendem trabalhar suas mentes para o melhor, sendo que assim não ficam sozinhos em suas casas.
4-Quantos alunos possuem o NEC?
Professora Mary: 200 alunos
5-Quais são as oficinas que o NEC oferece?
Professora Mary: Língua Portuguesa, Matemática, Educação Física, Escolhinha de Futebol, Ciências, Taekondo, Artes, Capoeira, Judô, e todo o trabalho abrilhantado pelos colaboradores do “Projeto Mais Educação”, como Oficina de Jornal, Meio Ambiente( horta) e Karatê..As oficinas de .Letramento e Matemática do Mais Educação acontecem em parceria com o NEC.
6-O NEC é de extrema necessidade para a comunidade do Imaruí?
Professora Mary: Sim, sendo uma comunidade carente, os pais podem confiar seus filhos aos funcionários do NEC no momento em que estão trabalhando, tendo também o apoio da Secretaria de Educação de Itajaí.
7- O que significa para você a educação?
Professora Mary: São limites aprimorados com regras, para tornar e criar todos bons cidadãos.
8-Em que pontos a educação precisa melhorar no Brasil?
Professora Mary: No respeito, e nos limites. Os pais devem ficar mais atentos a educação de seus filhos.

Pessoas que vivem em regiões da cidade menos favorecidas…

Eu entendo que nós não devemos ter preconceitos principalmente no lugar onde vivemos, pois alguns moradores que vivem em periferias têm preconceito por isso.
Tanto as pessoas de fora como as próprias que vivem ali não veem possibilidades de um favelado se formar, crescer profissionalmente ou financeiramente.
Existem uma série de mitos que foram construídos através dos tempos, sobre a vida na favela. Alguns seres humanos não veem futuro principalmente nos jovens que vivem e são criados na favela. Mas os governantes junto à comunidade devem se unir para criar projetos de socialização para sociedade. Esses projetos darão oportunidade para todos aqueles que estão em condições desfavoráveis.
Todos devem ter mais interesse para buscar melhores condições de vida. Viver na periferia não é desculpa para se meter com drogas e morte. Cabe a cada ser humano ter persistência e perseverança para querer mudar de vida.
Nome: Jonathan Amandio da Trindade e Rodrigo da Silva- 7ª Série

Os Livros e sua Amiga Biblioteca – COMUNICA BRANDÃO – Nº1

Os livros são objetos interessantes, alguns fáceis de entender outros difíceis. Existe um lugar onde há mais livros do que gente, é a biblioteca. Lá podemos encontrar: gibis, livros didáticos e livros para educação infantil, livros para jovens, livros de poesia, pintura, animação, livros de mistério de alegria e muita emoção.
A biblioteca e os livros devem ser mais valorizados, porque muitos não sabem o valor que eles têm.
Marcelo W.- 4ª Série