Arquivo mensais:maio 2012

31/5 – Dia do Espírito Santo

ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO
Senhor e Criador que és nosso Deus, vem inspirar estes filhos teus; em nossos corações derrama a Tua paz; um povo renovado ao mundo mostrarás. Sentimos que Tu és a nossa luz, fonte de amor, fogo abrasador. Por isso é que ao rezar, em nome de Jesus, pedi­mos nesta hora os dons do Teu amor. Se temos algum bem, virtude ou dom, não vem de nós, vem do Teu favor! Porque sem Ti, ninguém, ninguém pode ser bom. Só Tu podes criar a vida interior. Infunde pois agora, em todos nós que como irmãos vamos sempre agir à luz do Teu saber, à força do querer, a fim de que possamos juntos construir. E juntos cataremos sem cessar cantos de amor para Te exaltar! És Pai, és Filho e és Espírito de Paz. Por isso, em nossa mente sempre reinarás. Amém.

DIA DO DESAFIO – É HOJE…

O Dia do Desafio foi criado no Canadá e é difundido mundialmente pela The Association For International Sport for All (TAFISA), entidade de promoção do esporte para todos, sediada na Alemanha.
É uma campanha de incentivo à prática regular de atividades físicas em benefício da saúde e acontece anualmente na última quarta-feira do mês de maio, por meio de ações comunitárias.
VAMOS PARTICIPAR!!!

ATENÇÃO GALERA… Doença do Beijo

Mononucleose Infecciosa

A mononucleose infecciosa (MI) clássica, conhecida também como “febre glandular” e “doença do beijo”, é uma enfermidade que apresenta baixa mortalidade e letalidade, manifestando-se de forma aguda e normalmente de forma benigna.

A infecção por esse vírus se dá através do contato com a saliva de um indivíduo infectado.
A doença pode se iniciar abrupta ou gradualmente, no decorrer de dias e varia muito quanto à severidade e tempo de duração. Em crianças costuma ser mais branda, já em adultos é muito mais severa podendo durar até 8 semanas.
Os primeiros indícios são: febre, calafrio, inapetência, fadiga, mal-estar e sudorese. Também pode estar presente intolerância ao cigarro, vômito, náuseas e fotofobia. Outros sintomas como cefaléia, mialgia e dor de garganta são precoces, frequentes e progressivos.
Esta doença não tem cura, mas o tratamento é feito com repouso relativo por cerca de 3 semanas.

22/5 – Dia do Apicultor

As abelhas elaboram o mel a partir do néctar das flores. É depositado na colméia (casa das abelhas) dentro de pequenas células hexagonais que, em conjunto, chamam-se favo. Não são todas as flores que produzem néctar suficiente ou “gostoso” para que as abelhas produzam mel. Esse processo origina os tipos de méis conforme as flores que foram visitadas pelas abelhas, que denominam-se florada.

Essas floradas diferem em cor, podendo apresentar coloração mais clara (laranjeira, cipó-uva) ou escura (eucalipto, silvestre). Apresentam também diferenças na viscosidade, ou seja, o mel pode variar bastante de forma e cor de acordo com a flor que as abelhas buscaram o néctar.

A Vale do Mel comercializa mel de diversas floradas, sendo as mais tradicionais:

. Mel do néctar da flor de Eucalipto
. Mel do néctar da flor de Laranja
. Mel do néctar da flor de Assa-peixe
. Mel do néctar da flor Cipó-Uva
. Mel do néctar de flores Silvestre

O mel, o adoçante universal, melhora o rendimento físico e aumenta a resistência, são excelentes alimentos energéticos, substitui o açúcar, por ser de fácil digestão, são adoçantes naturais e trazem ainda toda a harmonia de um produto natural.

É constituído por vitaminas: B, B1, B2, B5, B6, etc. Sais minerais: fósforo, potássio, magnésio, ferro, etc.

Todos os méis com o passar do tempo cristalizam-se. Vale lembrar que o mel cristalizado mudou apenas sua forma Física e mantém todo seu valor nutricional.

É um alimento completo e nutritivo. Por isso deve ser consumido no dia-a-dia puro ou em Sucos, Vitaminas, Iogurtes, Salada-de-frutas, etc.

Para descristalizar o mel, aqueça-o, sem tampa, em banho-maria com o fogo brando (uns 45º C aproximadamente) ele voltará ao normal.

Uma das grandes vantagens do mel é que ele se auto-conserva sem a necessidade de conservantes, acidulantes, etc.

Mas tem seus segredos: manter o frasco bem fechado, em local fresco e seco. Após aberto não é necessário colocá-lo na geladeira. Nos frascos de boca larga, nunca introduzir colher ou faca suja, úmida.

Os grandes inimigos do mel são: temperatura elevada e umidade.