SAÚDE BUCAL NO GASPAR

Prevenir é o melhor remédio, já advoga a sapiência popular. Muito bem, com o propósito de trazer o conhecimento de que a boca é a entrada principal para o bom funcionamento do nosso organismo, e que prevenir cáries e possíveis doenças, decorrentes da falta de higiene, é dever de todos, os alunos da Escola Básica Gaspar da Costa Moraes deram início ao programa de prevenção bucal. Com palestras, vídeos educativos e aulas práticas, eles aprenderam as técnicas corretas de escovação que foram apresentadas por um profissional da área.
As orientadoras educacionais Kátia Teixeira de Souza e Mônica C. R. Gomes, juntamente com o pessoal da Secretaria da Saúde, distribuíram para cada aluno: escova e creme dental.

Na oportunidade, os alunos foram orientados da necessidade de serem feitas no mínimo três escovações diárias, sendo que a mais importante e mais demorada deve ser a última, à noite antes de dormir.

A escovação correta acontece quando ela é feita com movimentos de cima para baixo, no sentido da gengiva para o dente, como se estivesse varrendo sem criar muito atrito, com uma escova macia, para não danificar o esmalte que é a última camada protetora do dente. 
 A língua e o céu da boca, como é conhecido popularmente o palato, também deve ser escovados para a retirada de bactérias que ali se alojam.


O bochecho com flúor, o uso de fio dental e a visita periódica ao dentista são de suma importância para a saúde bucal ser completa.  

Dia do Desafio

Este evento acontece sempre na última 4ª Feira do mês de maio. Trata-se de um evento mundial criado em 1983 no Canadá, onde se iniciou uma disputa amigável entre cidades a favor da saúde e da mobilização à conscientização da prática de exercício físico todos os dias do ano, para ter uma qualidade de vida bem melhor e mais saudável.

No ano passado foram computados 59 milhões de pessoas, em 20 países, que interromperam sua rotina para praticar de alguma atividade física.

O evento no Continente Americano é coordenado pelo SESC São Paulo, que tem como Slogan “Você se mexe e o mundo mexe junto”. O SESC também é responsável pelo sorteio das cidades que terão o desafio de envolver a maior quantidade de pessoas em atividades físicas no dia.

Hoje uma série de atividades individuais e coletivas são promovidas com o intuito de incentivar à prática de exercícios na vida, para alcançarmos o bem estar físico, mental e espiritual.

Este ano, o evento foi conduzido aqui em nossa escola pelos professores de Educação Física Cristiane Cordeiro e Adenilton da Silva Muniz período Matutino e Elusa Batista e Janderson Nahring no período vespertino. Eles agitaram os alunos, professores e demais funcionários que participaram com muita disposição e alegria do ritmo de músicas contagiantes. Parabéns a todos nós!!!

SEMANA DE PALESTRAS

PARADA PEDAGÓGICA DE CULMINÂNCIA DE PALESTRAS DA ESCOLA BÁSICA GASPAR DA COSTA MORAES 
Uma das metas da Educação é o desenvolvimento integral das crianças e dos jovens. Assim, educar para os valores promovendo nos jovens uma formação que favoreça o emergir de sentimentos de solidariedade e justiça entre os povos é uma tarefa que cabe a todo e à escola. É importante impedir atitudes de racismo, discriminação, intolerância, violência e interiorizar valores de cidadania.
Segue abaixo a reportagem realizada por Diorgenes Pandini, gentilmente cedida pelo jornal DIÁRIO DA CIDADE que fez a cobertura do evento, e levada à publicação no dia 24 de maio de 2011, na edição nº 4.988. As imagens foram editadas pelo professor Afonso Luiz Pereira, responsável pela sala de informática.
Escola Organiza semana de palestras

Com a intenção de melhorar o entendimento do mundo, orientadores organizaram apresentações com temas recorrentes a cada faixa etária
Os alunos da Escola Básica Gaspar da Costa Moraes tiveram uma semana diferenciada. Durante todos os dias, alguma turma da escola teve palestras sobre diversos temas escolhidos pelas orientadoras educacionais.
Os temas escolhidos foram a busca pela paz, violência na escola, bullying, violência no trânsito, sexualidade e primeiro emprego. Segundo as orientadoras Roseli Mafra Adriano, Kátia Teixeira de Sousa e Mônica Rihl Gomes, os temas foram desenvolvidos de acordo com o interesse de cada faixa etária.
Foi uma decisão do Conselho em fazer em uma única semana todas as palestras concentradas para as turmas”, afirma a diretora geral da instituição Maria Goreti de Oliveira Ulbricht.
Além das palestras feitas pelas próprias orientadoras, a Fundação de Educação Profissional e Administração Pública de Itajaí ( FEAPI ), a Coordenaria de Trânsito de Itajaí ( CODETRAN ) e o Centro Municipal de Educação Alternativa de Itajaí e o Conselho Tutelar também ficaram responsáveis pelos ensinamentos.
Palestrante da FEAPI – Célio Furtado


A REPOSTA DOS ALUNOS
Depois de participarem das palestras durante a semana passada, os alunos tiveram que bolar apresentações, simplificando o que aprenderam na manhã e na tarde de ontem. Da mesma forma, vídeos sobre os temas foram produzidos pelo professor Afonso Luiz Pereira, responsável pela sala de informática.
Os alunos da 8ª série, Thaynara Pereira, 15, Eduardo Schrnn, 14, Amanda Weiss, 13 e Emanuela Ferreira, 14, gostaram muito dos temas apresentados. Eles tiveram uma palestra sobre o mercado de trabalho. “Várias coisas que eu não sabia acabei aprendendo. Como me apresentar para uma entrevista de emprego, nunca perguntar quanto vai ser o salário antes. Muito bom”, comentavam ontem durante o evento.

PRÓXIMOS EVENTOS
Em 18 de junho, num sábado,  ocorrerá a VII feira de Matemática nas dependências da escola, evento muito prestigiado e concorrido, que  tem como objetivo agregar os trabalhos mais representativos das turmas na área das ciências exatas, desde as séries iniciais até os das 8ª séries. Para saber mais, é só acessar o convite do evento publicado, aqui mesmo, no post anterior.

Também foi anunciado, durante as apresentações, outro  evento  muito esperado pela comunidade escolar, marcado para o início do segundo semestre. No dia 12 de agosto haverá a escolha da Garota Gaspar, em que 20 meninas irão desfilar para disputar qual a mais bela da unidade. O evento vai acontecer no Ginásio Ivo Silveira, a partir das 19 horas.

A BIBLIOTECA DO GASPAR

A biblioteca da Escola Básica Gaspar da Costa Moraes, Profº. Orestes Guimarães, tem como objetivo de trabalho estimular o hábito da leitura e o bom uso e cuidados de manuseio dos livros didáticos e demais livros de pesquisa. É importante salientar que as professoras Júlia Freire e Tânia  Aparecida Mafra não se restringem apenas a cuidar dos empréstimos e devoluções das obras, porque elas atuam também com projetos que, muitas vezes, acabam extrapolando a sala da biblioteca para atuar em outros locais da unidade escolar como, por exemplo, apresentação de vídeos, dramatizações literárias, leitura e interpretação de contos em sala de aula regular.

A biblioteca do Gaspar, assim como outras de atuação escolar, também serve a comunidade e alunos de outras escolas circunvizinhas, oferecendo um acervo modesto, mas de boa qualidade. Temos muito orgulho da nossa biblioteca, razão pela qual queremos deixar registrado aqui no blogue as atividades e imagens do trabalho realizado.

Controle de saída e entrada dos livros didáticos do ensino fundamental.

Leitura, desenvolvimento de interpretação e empréstimos de livros literários.
Trabalho da semana de Monteiro Lobato
As Memórias de Emilia
Trabalho da semana de Monteiro Lobato
Teatrinho – A PÍLULA FALANTE

AULAS DE XADREZ NO GASPAR

Durante alguns anos admirava muito as aulas de xadrez da professora Isabel, hoje aposentada. Os anos se passaram e, de repente, me deparei com o atual planejamento de Educação física que contempla, como uma das habilidades do currículo escolar, o trabalho dos jogos individuais.

Como eu não dominava o conteúdo, achei melhor trabalhar outras habilidades. Mas com o passar do tempo comecei a me interessar pelo xadrez, procurei conhecer algumas regras e algumas estratégias básicas de jogadas.  É bem verdade que não sou expert no assunto, mas aprendi gostar deste esporte.

Há dois anos trabalho com xadrez em minhas aulas, fazendo seletiva entre os alunos, que jogam entre si,  trocando de adversários com o propósito de que eles tivessem um pouco de conhecimento desta atividade mental, que é considerada pelo comitê olímpico como um esporte.
Acredito que está prática é de suma importância em nosso planejamento, pois hoje em dia nossos alunos não querem vivenciar esse tipo esporte, somente o coletivo.
Atualmente faço um trabalho em conjunto com professor Afonso Luiz Pereira, da Sala de Informática, com objetivo de trabalhar concentração, estratégia, memória e a socialização.

                                             Professora formada em Educação Física e pós graduada em Psicomotricidade.
                            Cristianne Cordeiro dos Santos