Ciclo de Debates – Escola de Pais

A Escola Básica Gaspar da Costa Moraes, abre parceria com a Escola de Pais do Brasil, nosso primeiro Ciclo de Debates foi realizado no dia 09/05/2017. O evento foi um sucesso, tivemos a participação efetiva dos Pais, Professores, Equipe Diretiva e da Supervisora de Gestão, da Secretaria Municipal de Educação, Sra. Leila Lehmkuhl da Silva.

A Escola de Pais do Brasil é uma associação sem fins lucrativos, atuante na área de orientação familiar, o trabalho realizado tem caráter preventivo e permite auxiliar o papel dos pais e/ou agentes educadores na formação de seus filhos e alunos e/ou menores aos seus cuidados.

Uma das formas de aprendizado é a troca de experiências nos Círculos de Debates realizados pela entidade por meio dos quais há uma constante orientação com intuito de promover maior aproximação família/escola, na perspectiva de uma educação integral do ser.

IMG-20170511-WA0008

IMG-20170511-WA0011

IMG-20170511-WA0014

foto1

Capacitação dos Professores

No dia 31 de julho, os professores do pólo Jataí se reuniram nas dependências da Escola Básica Gaspar da Costa Moraes com a finalidade de adquirir novos conhecimentos, refletir sobre suas práticas pedagógicas e socializar experiências e vivências exitosas.
O pólo jataí é formado pelas Escolas Básicas Ariribá, Gaspar da Costa Moraes, Yolanda Laurindo Ardigó e os Grupos Escolares Carlos de Paula Seara, Elisa Gessele Orsi e Guilhermina Buchelle Muller. A Escola Básica Gaspar da Costa Moraes sediou o evento por ter um espaço interno privilegiado, que foi cuidadosamente preparado para receber todos os professores do pólo.
O Secretário Municipal de Educação, professor Edson d’Avila, e a supervisora de gestão Sra. Giovana Simas participaram da cerimônia de Abertura da Formação Continuada do Pólo JATAÍ, que teve como tema central a neurociência..

A palestrante Julianne Fischer, pedagoga pela Fundação Universidade Regional de Blumenau, Mestre em Educação e Doutora em Engenharia de Produção pela UFSC, autora de vários livros, dentre eles Alfabetização ao alcance de suas mãos, durante todo o dia, num tom informal e alegre, discorreu sobre suas experiências relativas às estratégias diferenciadas de abordar a alfabetização, além de trazer informações breves e bem pontuais de como funciona o cérebro humano, principalmente no que concerne a aquisição do conhecimento e as diversas formas de percepção sensorial adequadas às respectivas estratégias apresentadas.

No período vespertino, a palestrante promoveu pequenas oficinas para corroborar as ideias discutidas no período matutino, ou seja, a condução da teoria à pratica. Ela propôs diferentes atividades para os professores, que agrupados e equipados com diversos materiais pedagógicos, alguns inclusive confeccionados naquele momento, puderam vivenciar a experiência sensorial aproximada de como os alunos poderiam adquirir o conhecimento, no caso, a apropriação da alfabetização num processo contínuo, bem pontuado pela palestrante.

Os professores apresentaram seus trabalhos, oferecendo depoimentos do que experimentaram, discutindo as possibilidades das estratégias apresentadas e, para arrematar, a palestrante enriqueceu as experiências das oficinas em sua fala, ampliando ainda mais as diversas possibilidades dos materiais apresentados e o uso efetivo dos mesmos no viés interdisciplinar. Foi um dia  interessante e produtivo. A formação continuada foi um sucesso. 

Escola Gaspar no MIC

Nos dias 11, 12 de junho todas as Escolas, Centros de Educação Infantil, Núcleos Escolares de Contraturno do Pólo Jataí estiveram estarão envolvidos na 2ª Mostra de Ideias e Curiosidades. Mais de 200 trabalhos foram expostos nestes 2 dias, no Ginásio de Esportes do Lar Padre Jacó, no Bairro Fazenda. O evento fez parte das comemorações de 152 anos de Itajaí.

Devido ao grande sucesso do ano passado, a Secretaria Municipal de Educação promoveu novamente a Mostra que tem como objetivo fomentar a pesquisa e a investigação dos alunos. O evento também visa mostrar como é o processo de ensino na Rede Municipal, além de valorizar diferentes atividades nas 107 unidades da Educação Municipal.

Nossa escola, além de participar com diversos trabalhos, um deles foi um belo cartaz que materializou todo o Resgate Histórico do Bairro Fazenda. O cartaz foi documentado ricamente com fotografias que registraram o “ontem e o hoje” do nosso bairro, oportunizando a todos verificarem as diferenças que o progresso trouxe ao longo dos anos. Ressaltando também as fotos da Escola Básica “Gaspar da Costa Moraes”, que desde 1923 faz a história da educação em Itajaí.

Na  MIC também expomos trabalhos relacionados com meio ambiente e educação. A Sustentabilidade resulta de um processo de educação pelo qual o ser humano redefine o feixe de relações que perpassam pelos mais diversos universos, como a preservação da terra, do ar, da água e da saúde do ser humano na busca do equilíbrio ecológico, da solidariedade e o respeito para com as gerações futuras.

Somente um processo generalizado de educação, pode criar novas mentes e novos corações capazes de fazer a revolução paradigmática, exigida pelo risco global em que vivemos.

A Escola Gaspar da Costa Moraes seguindo o pensamento de Paulo Freire que diz: “A educação não muda o mundo, mas as pessoas que vão mudar”, acredita que não temos outras alternativas, se não a mudança de hábitos corriqueiros, como produzir menos lixo; reaproveitar ou reciclar tudo o que é possível; entre outros.

A apresentação de um desfile com alunas usando sacolas retornáveis, é sem duvida, um maneira ecologicamente correta para começarmos de maneira simplista a educação para a transformação.

E desta forma, trabalharmos as questões ambientais de forma global e integrada sob o prisma da ética e da responsabilidade pra com o futuro da terra e do ser humano.

Os alunos adoraram apresentar os trabalhos durante a Mostra de Ideias e Curiosidades, na oportunidade, eles utilizando rolinhos de papel reciclado, demonstraram a geometria que é um campo fértil para resolução de situações problemas, para todos os visitantes e também para a RIC Record que entrevistaram nossos alunos e passaram no Jornal do Meio Dia.  

Como podemos constatar o trabalho com noções geométricas contribui para a aprendizagem de números e grandezas, pois estimula o educando a observar, perceber semelhanças e diferenças, identificar regularidades, vistas, etc. 

A partir da exploração dos objetos do mundo físico, o educando estabelece relações entre a matemática, acadêmica, as outras áreas do conhecimento e sua vida cotidiana.

O CIRCO NO GASPAR

Na semana passada, tivemos um evento muito interessante aqui no Gaspar: a visita do palhaço “Edson”, do Circo Máximo. Como se sabe, no mundo tecnológico em que vivemos, a arte circense constitui-se um evento raro de se apreciar e o modesto espetáculo procura resgatar um pouco a magia do circo de outrora, levando bastante animação às escolas do ensino fundamental. O espetáculo, que durou um pouco mais de uma hora, incluiu muitas brincadeiras no palco com alunos e professores, intercalado por uma apresentação de uma “engolidora de fogo” e a dança de alguns personagens de desenhos animados para a alegria dos pequenos das séries iniciais. Tudo muito simples, porém alegre e contagiante.

ALUNOS DO GASPAR NA VOLVO OCEAN RACE

Há momentos singulares que ficam marcados para sempre na história de um lugar, não apenas porque vão estar descritos nos livros escolares de nossos descendentes, mas porque ficam gravados profundamente na alma de cada pessoa que vive tais momentos. A Volvo Ocean Race, para grande parte de nossos alunos, é um evento que tem esta força de perdurar por um bom tempo no âmbito de nossas emoções.

Todos os esforços de divulgação, os trabalhos escolares, o envolvimento nos projetos, a participação de pesquisas e, finalmente, viver e testemunhar de perto a chegada dos barcos da regata mais importante do mundo é algo que, sem dúvida, será lembrado na vida de muitos deles quando, vez ou outra, já adultos, olharem para trás com a intenção de resgatar lembranças da infância ou da adolescência numa roda de conversa. “Ei, fulano, tu te lembras daquela regata de barcos que se falava muito sobre a preservação do meio ambiente quando estudávamos no Gaspar, tu te lembras? Que saudade!”

A mobilização geral (poder público) que se articulou em torno da regata Volvo Ocean Race somadas algumas das escolas da rede municipal, e o Gaspar marcou presença significativa no processo, foi algo pouco visto nestes últimos anos, superando de longe o frisson que ocorre todos os anos em torno das feiras internas de matemática ou outro evento pedagógico relevante.

A nossa escola abraçou a idéia com vigor e disposição contando com ajuda de todos os professores que desenvolveram temas ambientais nas suas respectivas disciplinas, pois a intenção primeira era sensibilizar a filosofia de autosustentabilidade em relação ao meio ambiente que a regata procura divulgar, muito mais até do que questão esportiva e competitiva inerentes ao evento.

 

E de tanto se falar nos barcos e as dificuldades que eles enfrentam no percurso em mar aberto, e de tanto se falar na questão ambiental que sustenta a filosofia da regata, os nossos alunos criaram uma expectativa muito positiva à espera da culminância de vivenciar todas estas informações com a chegada dos barcos, que, modéstia a parte, podemos nos orgulhar, como itajaienses, da organização, da boa acolhida do povo de modo geral, sempre muito hospitaleiro, e o modo diferenciado, especial, do olhar dos nossos alunos em relação aos barcos e seus tripulantes. 

A Volvo Ocean Race é igual a sucesso, destes sucessos de marcar emoções, que ficarão permanentemente nas lembranças de muitos dos nossos alunos. Parabéns a todos nós!

Aluna da nossa escola é premiada no 1º Prêmio CODETRAN de Redação

Seis estudantes da rede municipal de ensino de Itajaí foram premiados no 1º PRÊMIO CODETRAN DE REDAÇÃO, e a aluna Kauane Holochesri Espíndola, da 8ª série, da nossa escola, foi uma delas, conquistando o 1º lugar nas séries finais, com a professora orientadora Rita Marta Moreira.

Kauane e outros 5 alunos desbancaram mais de 1.100 crianças para levar os prêmios que foram entregues na terça-feira, às 8h30m, na Secretaria de Segurança do Cidadão (CODETRAN).

Com o tema da campanha mundial “juntos podemos salvar milhões de vidas”, a iniciativa estimulou a criação de 1.100 redações por alunos do 4º ao 8º anos da rede municipal de ensino. Destas, 40 foram selecionadas pelos professores e concorreram ao prêmio. Kauane, então, feliz da vida e prestigiadas por autoridade políticas da cidade, ganhou um playstation 2, mais dois ingressos para o Parque Beto Carrero.


Segue abaixo o texto vencedor (séries finais) do 1º PRÊMIO CODETRAN DE REDAÇÃO, escrito por Kauane H. Espíndola.


TEMA: “AÇÕES PARA REDUZIR O NÚMERO DE ACIDENTES NO TRÂNSITO”

O TRÂNSITO E SUAS FRAGILIDADES

A importância de se ter uma trânsito seguro é utilizar algo que envolve a todos nós. Porém, devemos ter a noção de que somente leis mais rígidas direcionadas para punir infrações registradas no trânsito não é o suficiente.

A população deveria se sensibilizar através da educação e conscientização no trânsito, despertando uma reflexão coletiva sobre uma nova postura a ser adotada entre os motoristas, motociclistas e pedestres, para que haja redução nos acidentes, preservando assim o bem mais precioso: a vida.

O governo brasileiro deve investir mais em educação voltada para o trânsito; e criar um projeto, escolhendo um dia do ano pra realizar uma manifestação, mostrando as possibilidades para evitar problemas no trânsito. Ir até o centro ou em vários pontos da cidade, juntamente com pessoas que um dia já sofreram algum tipo de acidente, as quais poderiam estar nas barracas dando dicas e informações aos transeuntes, ou até mesmo em semáforos distribuindo folhetos informativos, que possam inclusive comunicar sobre os riscos de excesso de velocidade e o uso abusivo de bebidas alcoólicas, sendo alguns dos principais fatores que causam tantas mortes todos os dias.

Sabemos que não é fácil, mas não devemos desistir em busca da VIDA no TRÂNSITO.

Jogos Internos movimentaram a Escola Básica Gaspar da Costa Moraes.

Alunos e Professores da Escola Básica Gaspar da Costa Moraes estiveram envolvidos no último dia do primeiro semestre com os Jogos Internos da Unidade Escolar. O evento foi realizado na praça que se encontra em anexo ao Ginásio Ivo Silveira.

Os alunos de 5ª a 8ª série participaram de jogos de futsal, com as premiações para os atletas.

PEDÁGIO EDUCATIVO

Na sexta-feira passada, dia 10 de junho, as crianças do Pólo “Jataí” da Rede Municipal de Ensino se dividiram entre as avenidas Abraão João Francisco (a Contorno Sul) e Ministro Victor Konder (Beira-Rio) com o Pedágio de Conscientização no trânsito. Um carro totalmente destruído chamou a atenção dos motoristas que passavam pelo pedágio. O automóvel, cedido pela Coordenadoria Municipal de Trânsito, a Codetran, tem o objetivo de sensibilizar as pessoas sobre a importância de ter calma no trânsito.
A atividade, que faz parte das comemorações do aniversário do município, foi realizada por sete unidades escolares dos Bairros Fazenda e Praia Brava que formam o pólo Jataí.
 
Conforme a supervisora Giovana Simas, a cidade e, principalmente, os bairros destas unidades estão com muitas obras ocorrendo, por isso, a importância de discutir o assunto. “Com o pedágio, pedimos a paciência das pessoas, para que entendam que o transtorno de hoje refletirá na qualidade de vida de amanhã”, comentou Giovana.
A intenção é conscientizar os motoristas, ciclistas e pedestres para que compreendam e redobrem seus cuidados ao trafegar pela cidade, que atualmente recebe diversas obras estruturais.
Em comemoração aos 151 anos do Município de Itajaí, e aproveitando o pedágio pedagógico, os alunos da nossa escola distribuíram sacolas de lixo feitas de caixas de leite para os condutores de veículos abordados. A confecção das caixinhas foi um modo alternativo de reutilização de material que normalmente iria para o lixo. Elas foram forradas e adesivadas com trabalhos dos  alunos do 1º ao 5º anos, supervisionados e orientados pela professora de Artes Nara Crizel Regina Marone. Já, em Educação Ambiental, o conteúdo foi a reciclagem e reutilização, foi orientado pela professora Luciane Bruce Farias da Rosa. Efetivou-se, assim, a tão almejada interdisciplinaridade na educação.

ALUNOS DO GASPAR VISITAM A RIC RECORD

Nesta semana, um evento interessante fez a alegria de 100 crianças da Rede Municipal de Ensino de Itajaí. Elas visitaram a Ric Record. A atividade faz parte das comemorações de 25 anos da TV Vale do Itajaí.
A alegria no rosto das crianças mostrou como o convite para conhecer as instalações da emissora foi bem aceito. A visita percorreu as salas de redação, onde os jornalistas preparam as matérias, o estúdio onde é gravado tudo o que vai ao ar, a bancada do Jornal do Meio Dia, o acervo e, ainda, puderam conhecer e conversar com todos os jornalistas e apresentadores. “Eles se encantaram quando viram o apresentador Graciliano Rodrigues”, comenta a coordenadora de jornalismo Flávia Jordão.
A nossa escola foi representada pelo 4º ano, turma da professora Marcia Santos Polinki. Além da professora Marcia, o supervisor Irineu Silva e a monitora Vanessa Gonçalves também acompanharam as crianças.  E eles ficaram encantados, gostaram muito de ver os bastidores e como funciona  um estúdio de TV, principalmente de conhecer pessoalmente repórteres e apresentadores, pessoas conhecidas que só viam através dos programas da TV local. À emissora Ric Record e todos os seus funcionários, nossos sinceros agradecimentos pela oportunidade e a boa acolhida.