Arquivos da categoria: Educação Especial

Circuito de estimulação sensorial com elementos da natureza.

A atividade foi planejada pelas professora de Educação Física (Juliana Guérios) e a professora de Educação Especial (Juliana Dalla Porta) em parceria com os demais profissionais da escola, em destaque as Agentes de Apoio em Educação Especial.
O objetivo foi buscar nos elementos da natureza a percepção sensorial de cada estudante, proporcionando diferentes sensações, experiências e sentimentos.
Com isso,  criar na nossa  escola um ambiente mais reflexivo e melhorar a capacidade de interação dos alunos, e sensibilizá-los diante a realidade de muitas pessoas com baixa visão/deficiência visual.
A atividade inicialmente foi desenvolvida com os estudantes de 1º ao 5º ano nos períodos matutino e vespertino, os estudantes do 6º ao 9º também estão sendo convidados a vivenciar o percurso.

IMG-20170706-WA0007 IMG-20170706-WA0006 IMG-20170706-WA0005 IMG-20170706-WA0004 IMG-20170706-WA0003 IMG-20170706-WA0002 IMG-20170705-WA0007 IMG-20170705-WA0006 IMG-20170705-WA0005 IMG-20170705-WA0004 IMG-20170705-WA0003 IMG-20170705-WA0002 IMG-20170705-WA0001IMG-20170706-WA0011IMG-20170706-WA0012

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 de Abril – Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Atualmente a Escola Básica Avelino Werner atende 9 alunos com o Transtorno do Espectro Autista, estes frequentem regularmente as aulas do ensino comum. Além disso, a escola dispõe da Sala de Recurso Multifuncional desde 2012, na qual oferta o  Atendimento Educacional Especializado/AEE realizado no contraturno.

Em prol ao mês de conscientização do Autismo, a Equipe de profissionais da escola compareceram de Azul, simbolizando a importância dessa data e da valorização da Inclusão!

IMG-20170404-WA0006 IMG-20170404-WA0005 20170331_113910

Dia internacional da Síndrome da Down

21 de março – Dia Internacional da Síndrome de Down

Essa data foi estabelecida em 2006 e tem por finalidade dar visibilidade ao tema, reduzindo a origem do preconceito, que é a falta de informação correta. Em outras palavras, combater o “mito” que teima em transformar uma diferença num rótulo, numa sociedade cada vez mais sem tempo, sensibilidade ou paciência para o “diferente”.
A Síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população.
As pessoas com síndrome de Down têm muito mais em comum com o resto da população do que diferenças. Se você é pai ou mãe de uma pessoa com síndrome de Down, o mais importante é descobrir que seu filho pode alcançar um bom desenvolvimento de suas capacidades pessoais e avançará com crescentes níveis de realização e autonomia. Ele é capaz de sentir, amar, aprender, se divertir e trabalhar. Poderá ler e escrever, deverá ir à escola como qualquer outra criança e levar uma vida autônoma. Em resumo, ele poderá ocupar um lugar próprio e digno na sociedade.

Disponível em: http://www.movimentodown.org.br/wp-content/uploads/2012/10/file21559.jpg

IMG-20170321-WA0006